Bairros de Belo Horizonte: conheça histórias e por que visitar cada um

ico admin ico 17/06/2019

Conheça um pouco de alguns dos mais tradicionais bairros de Belo Horizonte.

A capital de Minas Gerais tem, de acordo com a Fundação Municipal de Cultura, 729 bens tombados. Entre esses verdadeiros tesouros, estão desde construções do fim do século XIX até edificações modernas, como as encontradas na Pampulha. Enfim, os bairros de Belo Horizonte são repletos de histórias e bons motivos para visitá-los.

Vale lembrar que Belo Horizonte foi o primeiro município moderno planejado, pautado no conceito de cidade ideal, ordenada, saneada e iluminada, como marco de uma nova era. Isso significou um projeto original que compreendia uma malha perpendicular de ruas e uma abundância de parques e praças.

Tudo isso ainda pode ser observado em seus bairros cheios de histórias. Quer saber mais sobre os principais deles? Então siga a leitura do post!

Lagoinha

 

Trata-se do mais antigo e emblemático bairro pericentral de BH. Fora da região da Avenida do Contorno, Lagoinha foi projetado para compor o que seria a área suburbana da cidade.

Os imigrantes italianos foram os primeiros a chegar, seguidos por ex-escravos de fazendas mineiras e por famílias vindas do interior do estado. No início da ocupação, dois rios — que depois foram canalizados — formavam uma lagoa, que deu origem ao nome do bairro.

Em mais de 100 anos, a região, que antes era totalmente residencial, transformou-se em comercial. Passear por suas ruas é conhecer um bom pedação da história de Belo Horizonte.

Santa Tereza

 

Na capital mineira, é comum encontrar lugares onde o passado e presente se misturam. Caminhar pelas ruas do bairro Santa Tereza, por exemplo, é voltar aos tempos dos casarões.

Nascido em 1928, o bairro recebeu esse nome em homenagem à igreja de Santa Tereza, que fica na praça Duque de Caxias. Hoje, é o bairro boêmio de BH, graças aos bares e casas de seresta.

A tradição de se encontrar no bairro Santa Tereza para confraternizar, compor músicas e cantar durante as madrugadas revelou bandas famosas, como Clube da Esquina e Skank.

O carnaval do bairro também é tradicional e conta com desfiles de blocos de rua que atraem foliões de toda parte dos bairros de Belo Horizonte.

Funcionários

 

Sua vias arborizadas revelam o belo contraste provocado pelos casarões do século passado que dividem espaço com grandes prédios residenciais.

A história da região tem início com a transferência da sede do governo mineiro de Ouro Preto para Belo Horizonte. O bairro foi criado para abrigar os funcionários públicos que também haviam sido transferidos — daí seu nome.

Com o aquecimento econômico de BH e o consequente desenvolvimento do comércio da região, o bairro foi se transformando até se desmembrar da região da Savassi e se tornar um bairro novo.

Bairros de Belo Horizonte Savassi Funcionários

Alguns casarões deram lugar a prédios modernos, o que, inclusive, garante o charme dessa área que mistura tão bem o clássico com o moderno.

Enfim, os bairros de Belo Horizonte são cheios de história. Andar por suas ruas e comércio, conversar com seus moradores, sentar-se em suas praças cheias de flores e apreciar como a vida pulsa em cada um deles é a melhor maneira de conhecer a cidade.

Gostou do nosso post? Então siga a nossa página Facebook e fique por dentro de outras dicas!

 

Deixe um comentário