Conheça as flores selvagens mais famosas e bonitas

ico admin ico 01/11/2018

 

Uma das obras de arte da natureza, você há de concordar, são as flores. São milhares de espécies com seus desenhos, cores, perfumes, encantamentos e, evidentemente, perigos. Isso mesmo! Entre os tantos tipos, as flores selvagens, apesar de muito belas, podem colocar em risco a sua saúde e a sua vida.

Mas não se preocupe. Preparamos este post com uma lista desses exemplares mais bonitos e selvagens, para que você fique atento. Boa leitura!

Evite problemas com as flores

Flores são lindos elementos de decoração, ótimos mimos e fazem parte dos bons momentos da nossa vida — ou dos instantes em que homenageamos pessoas queridas que partiram.

Além disso, essas maravilhas também estão presentes na culinária. Nas saladas como ingredientes ou itens decorativos, as pétalas agregam sabor, beleza, perfume e leveza aos pratos.

Entretanto, é preciso se prevenir para não fazer uso de determinadas espécies que podem desencadear uma alergia ao simples contato ou um envenenamento.

Conheça algumas flores selvagens

Para auxiliar na identificação de espécies de flores selvagens, listamos algumas delas que, apesar de lindas, coloridas e perfumadas, escondem riscos à saúde. Confira.

Crisântemo

Como o miolo dessa flor é tóxico, é muito comum os agricultores europeus utilizá-la para espantar os roedores das plantações. Nas pessoas, mesmo que sem risco de morte, o crisântemo pode provocar dermatite de contato, coceira e urticária.

Antúrio

É uma flor muito decorativa, com variações de cor que vão do branco ao vermelho escarlate. Mas as suas folhas e raízes não podem ser ingeridas, uma vez que causam inflamações e inchaços nos lábios e na boca.

Hortênsia (Hydrangea macrophylla)

Ela cria um efeito muito bonito como ornamento de jardins, com suas tonalidades do azul violeta ao branco. Contudo, comer essa flor, principalmente a Hydrangea macrophylla, pode matar. Após a ingestão, acontecem as coceiras, o suor abundante, a fraqueza e as cólicas. Em determinados casos, esse tipo de intoxicação provoca convulsões, problemas sérios na circulação do sangue e coma profundo.

Trombeta dos anjos (Brugmansia suaveolens)

A trombeta dos anjos, apesar de toda a poesia do nome e beleza da cor e forma, contém tropano, atropina e escopolamina, substâncias tóxicas, com propriedades alucinógenas. Consumi-la em grande quantidade é correr o risco de sofrer uma parada cardíaca e vir a óbito.

Narciso

É conhecido como a flor de perfume delicioso e hipnótico. Todavia, por trás de sua delicada beleza está um alcaloide altamente tóxico, a narcisina. Essa substância causa diarreia, contrações, vômitos e náuseas.

Aprenda a montar um jardim com plantas silvestres

Por falar em flores, quem curte um jardim, certamente tem vontade de cultivar o seu com plantas silvestres. Um espaço que faz uma conexão com a natureza e não exija muitos cuidados.

Para ajudar você a construir o seu, elaboramos um roteiro simplificado de como fazer isso. Veja!

Defina o local

As espécies vegetais silvestres são próprias para crescer e se desenvolver sem que você precise colaborar muito para isso. Escolha uma área onde a incidência direta da luz do sol seja de 6 a 8 horas diariamente. Are a terra, retire o mato e ervas daninhas. Adubos são dispensáveis, pois essas plantas se adaptam bem aos terrenos pouco fertilizados.

Selecione as flores

Não existe uma regra quanto a quantidade, mas a sugestão é que você opte por 4 a 6 tipos de sementes de flores. Depois de escolhidas, misture-as e faça o plantio. Para quem está começando o hobby da jardinagem, uma dica de espécies: flor de mel (ou álisso), cosmos, girassol e crisântemo.

Plante na época certa

Preferencialmente, faça o plantio quando começar a primavera. Assim, as plantas florescerão em abundância e produzirão sementes por toda a estação do verão. Um detalhe importante: para colaborar com a drenagem do local, misture areia às sementes e espalhe-as de forma homogênea.

Agora que você conhece alguns dos tipos de flores selvagens que causam danos ao seu bem-estar, é hora de escolher um local para começar o seu jardim de espécies silvestres. Aquele espaço para chamar de seu jardim encantado!

Gostou do tema deste post? Conhecia essas flores selvagens? Deixe seu comentário!

 

Deixe um comentário