Conheça algumas flores típicas do Brasil

ico admin ico 17/04/2018

 

Flores, flores, flores! Obras de arte da natureza que colorem, enfeitam e trazem boas energias para a nossa vida. Além de serem ótimos presentes para as pessoas queridas, claro! O nosso país, “abençoado por Deus e bonito por natureza”, tem uma flora vasta e maravilhosa. Você, aliás, conhece as principais espécies de flores brasileiras?

Segundo pesquisas do projeto Flora do Brasil 2020, o nosso país tem mais de 30 mil espécies de plantas com flores, com uma nova descoberta por dia. Incrível, não é mesmo? Aproveitando toda essa diversidade, neste post selecionamos algumas dessas belezas para você aprender mais sobre cada uma. Confira!

 

Encante-se com as espécies de flores brasileiras

É muito difícil alguém não se deixar encantar pela exuberância ou pela delicadeza de uma flor. Elas alegram os ambientes, fortalecem os laços afetivos e atraem as pessoas para uma aproximação com a natureza, proporcionando mais bem-estar e qualidade de vida.

O Brasil possui uma imensa variedade delas e cada uma tem a sua beleza peculiar. Graças às características da biodiversidade e do clima brasileiros, inclusive, o seu cultivo é amplamente facilitado.

Espalhadas pelas diversas regiões do país, do Pantanal ao Pampa, do Cerrado à Mata Atlântica e Amazônia, as flores fazem do território nacional uma gigantesca e deslumbrante floricultura.

 

Conheça algumas espécies de flores brasileiras

Pode ser que você tenha flores como suas favoritas e pense que são estrangeiras quando, na verdade, podem ser da nossa terrinha. Para tirar suas dúvidas, relacionamos algumas das mais famosas espécies de flores brasileiras.

 

Orquídea

A orquídea é típica de regiões de clima tropical, mas pode ser encontrada em outras partes do mundo. Contudo, no Brasil, existe uma grande variedade e quantidade dessas flores.

Reverenciada por sua beleza, a orquídea tem formato e combinação de cores específicas para cada espécie. Você sabia que a orquídea pode ser encontrada nas matas e florestas? Devido ao alto valor comercial, no entanto, seu plantio e cultivo estão disseminados por orquidários em todo o país.

 

 

 

Bromélia

Além de bonita, a bromélia é bastante popular e funciona muito bem nos jardins, sacadas e varandas, pois se adapta tranquilamente aos ambientes externos e internos.

Por ser uma planta tropical, ela é facilmente encontrada na Floresta Amazônica e na Mata Atlântica. Essa espécie brasileira tem grande resistência e capacidade de sobrevivência, além de apresentar uma grande variedade de formas, tamanhos e cores.

Begônia

A begônia é uma flor delicada nas suas tonalidades de vermelho, branco ou rosa. Se você observar com atenção, inclusive, perceberá que suas folhas sugerem o desenho de um coração. Romântico, não?

A begônia é bastante versátil, pois se adapta sem problemas aos ambientes ensolarados, além de poder ser cultivada em locais mais frios. Quando o assunto é decoração, os vasos com essa flor costumam se destacar nos espaços em que são colocados.

Primavera

Também conhecida como buganvília (por causa do francês Louis Antoine Bougainville, que descobriu a espécie em uma viagem ao Brasil no final do século 18), a primavera é uma flor muito resistente às mudanças de temperatura.

Muito utilizada na decoração e paisagismo, principalmente em varandas e sacadas, essa planta engana em relação à floração. Ao contrário do que muitos pensam, suas pétalas não são rosadas: isso são suas brácteas, estruturas foliáceas com a função de proteger as flores em desenvolvimento; mas amarelas e bem pequenas, que ficam escondidas.

Com uma grande variedade de cores, ela também pode ser plantada como uma trepadeira. É uma flor rústica e, apesar da beleza, seus galhos têm espinhos. Portanto, é melhor tomar cuidado na hora da rega e da poda, bem como quanto aos lugares em que será colocada, uma vez que pode representar perigo para crianças e animais.

Onze-horas

Essa é uma espécie brasileira delicada e com uma floração muito abundante. As pétalas se abrem durante o dia e, ao escurecer, fecham; daí o seu nome “onze-horas”. A plantinha é um lindo complemento para canteiros e vasos de plantas maiores.

Se você está pensando em construir o seu jardim, essa é uma boa sugestão. Fácil de cuidar, a onze-horas faz parte da família das suculentas: adoram o sol e consomem pouca água.

Camélia

A folhagem dessa planta forma um arbusto exuberante, que é coberto por uma floração muito linda. Conforme a variedade, a flor pode ser branca, vermelha ou rosada.

A camélia enfeita divinamente tanto jardins tradicionais quanto jardins de inverno. Recomenda-se, contudo, não tocar suas pétalas, pois surgem manchas amarronzadas que prejudicam a beleza da flor.

Jacarandá

Que tal falar um pouco das árvores com flores? Aqui no Brasil essas espécies também colorem cenários e deixam as estações do ano com mais vida. Presente em quase todas as regiões de clima temperado, as jacarandás dão lindas flores do lilás ao roxo e são divididas em mais de 40 tipos.

O tamanho de uma jacarandá varia entre arbusto e árvore de grande porte, como é o caso daquelas que atingem até 30 metros de altura. A sua floração surge anunciando o fim da primavera e o início do verão.

Vale ressaltar que a madeira dessa espécie foi bastante explorada e exportada para a Europa. Antes, a árvore serviu de matéria-prima para o mobiliário barroco brasileiro e hoje a sua polpa é usada para produzir caixas, palitos de fósforo, vassouras, violão e até mesmo papel.

Pau-brasil

Quando falamos de Pau-brasil, logo vem à mente o desmatamento do período colonial, não é verdade? Todavia, entre todas as suas peculiaridades, vale lembrar que essa espécie, genuinamente brasileira, dá flores amarelas maravilhosas, com um detalhe vermelho em seu interior.

A espécie, infelizmente em risco de extinção, chega a ter até 15 metros de altura e apresenta um tronco mais fino e reto, com uma tonalidade cinza escuro. O maior motivo de sua exportação exacerbada, no entanto, é o seu extrato, que permite produzir tinta vermelha. Além disso, por volta de 1775, também descobriram que a planta era excelente para a produção de arcos de violino.

Alamanda

Com certeza você viu uma Alamanda por aí. A trepadeira, de origem brasileira, atinge quase 4 metros de altura e cresce com facilidade, principalmente em sol pleno. Com lindas flores gordinhas e vistosas em amarelo-ouro ou roxo, essa espécie floresce praticamente o ano inteiro.

Muito utilizada no paisagismo, a Alamanda apresenta folhagem vasta, com um verde vivo e brilhante. É muito utilizada para cobrir muros, pérgolas e treliças. Contudo, é preciso ter certo cuidado ao mantê-la longe do alcance de crianças e animais, por ser considerada uma planta tóxica.

Flor-de-maio

Schlumbergera truncata: esse é o nome da delicada flor-de-maio. Essa espécie é, na verdade, um cacto originário da Mata Atlântica. Em meio silvestre, cresce sobre troncos e galhos de árvores, bem como em rochas. Entretanto, pela beleza de suas flores, essa espécie conquistou o coração dos amantes de jardins e vasos ornamentais.

A flor-de-maio recebe o nome de acordo com a data em que floresce. Aqui no Brasil, obviamente, por volta do mês de maio. Já no hemisfério sul, é nomeada de cacto da páscoa. Por outro lado, no hemisfério norte, chama-se cacto de natal. A facilidade de cultivo se deve ao tamanho modesto e polinização farta.

As flores, que variam em tons de rosa, laranja, vermelho, branco ou amarelo pálido, também produzem pequenos frutos, que chegam a ter até dois centímetros e ficam rosados quando maduros.

Ipê

Voltando às árvores, é impossível falar em espécies de flores brasileiras sem citar as belíssimas florações dos ipês. Bastante conhecidas no país, essas árvores de grande porte florescem com fartura, fornecendo tonalidades amarelas, roxas ou brancas a cenários diversos.

Muito utilizados em espaços urbanos, os ipês não só colorem a paisagem, como também colaboram para o equilíbrio da temperatura e da qualidade do ar. As árvores florescem geralmente no fim do inverno e, quando suas flores caem, as ruas se transformam em verdadeiros tapetes vibrantes.

Caliandra

As caliandras também são famosas. Essa espécie brasileira é um tipo de arbusto que chega a atingir até 4 metros de altura. Suas flores são um show à parte, uma vez que apresentam um formato totalmente exótico: são globos avermelhados, cheios de tiras que se assemelham a alecrins coloridos. Apesar de florescer o ano inteiro, são nos períodos mais quentes que os arbustos colorem mais a paisagem de vermelho.

Lírio

Apesar de serem originários do oriente, os lírios encontraram um terreno fértil no Brasil. Totalmente naturalizados, eles são um dos tipos de flores mais populares na hora de ornamentar e presentear.

É possível encontrar mais de 100 tipos de lírios e, por isso, fica difícil falar de todas as suas tonalidades, formatos e tamanhos. Contudo, no geral, podemos dizer que os mais conhecidos são os chamados de asiáticos, com flores menores; os orientais, com flores grandes; e os longuiflorum, que sempre florescem na cor branca.

Muito utilizada em buquês, tanto para noivas quanto para presentes, essa espécie representa pureza e traz um forte significado de amizade e lealdade. Campeã em ornamentação, também participa de ótimos projetos de casamento e decora com maestria espaços de interiores, em vasos e arranjos diferenciados.

À medida que você conhece as principais espécies de flores brasileiras, descobre que o nosso país é um verdadeiro jardim, rico em diversidade e cores. Das opções mais rústicas até as mais frágeis, a nossa flora é um espetáculo de tonalidades, formas, perfumes e texturas. Uma viagem por um mundo que é puro encantamento e bem-estar.

É fundamental, no entanto, relembrar que nem todas as espécies de flores brasileiras crescem em abundância em território nacional. Algumas, infelizmente, estão em extinção, como é o caso do Pau-brasil, o Jacarandá Paulista, a Bromélia Gravatá e outras espécies como o Jaborandi e a Catleia.

Além de admirar, precisamos nos comprometer em, de fato, cuidar das plantas com carinho, para que nossas regiões continuem sendo referência em beleza natural. Temos a obrigação de preservar nossas espécies de flores brasileiras e estender a atitude para poupar também toda a nossa natureza. Só assim conseguiremos prosperar e deixar uma boa herança para as futuras gerações!

Gosta de presentear com flores e tem dificuldade de escolher a melhor opção? Saiba quais são as principais flores para dar de presente!

Deixe um comentário