Você conhece os parques municipais de Belo Horizonte?

ico admin ico 07/01/2021

Você que mora ou já visitou a capital mineira, conhece os parques municipais de Belo Horizonte? Sabia que cidade tem diversas áreas verdes para visitação e para a prática de atividades ao ar livre?

Em 2020, devido à pandemia, muitos espaços públicos foram fechados temporariamente, para evitar a disseminação do Coronavírus. 

Este ano, felizmente, muitos estão reabrindo. A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) está organizando a reabertura gradativa dos parques para visitação e mediante agendamento. 

Vale destacar que, neste momento, alguns espaços dos parques não podem ser utilizados, principalmente as quadras, brinquedos e aparelhos de ginástica. 

Por isso, antes de sair de casa, confira quais locais estão abertos e como fazer para visitar. 

Porque as cidades precisam de áreas verdes

As áreas verdes nos centros urbanos trazem muitos benefícios para a qualidade de vida. Elas amenizam as altas temperaturas causadas pelas ilhas de calor, fenômenos comuns em metrópoles como a capital mineira.  

E Belo Horizonte está bem qualificada nesse sentido. A cidade tem, em seu território, mais de 300 mil árvores catalogadas. Esse número é bastante expressivo, tanto que BH é conhecida como “Cidade Jardim”. 

Parques municipais de Belo Horizonte

Conforme informações no site da PBH, até a presente data, os parques da cidade funcionam de quinta-feira a domingo, das 8h às 17h. 

Os agendamentos são on-line e as informações completas podem ser encontradas nesse link. A seguir, confira alguns parques que o município possui.

Parque Municipal das Mangabeiras

Foto: Site oficial da PBH

Patrimônio cultural de Belo Horizonte, foi projetado pelo paisagista Roberto Burle Marx e tem 2,4 milhões de m². Está localizado ao pé da Serra do Curral e abriga nascentes do Córrego da Serra, integrante da Bacia do Rio São Francisco. 

É um lugar para o lazer, para a prática de esportes e descanso junto à natureza. Possui recantos naturais, quadras de tênis e poliesportivas, pista de skate e brinquedos. Também é palco para atividades culturais. 

Parque Municipal Aggeo Pio Sobrinho

Ocupa área aproximada de 600 mil m² e integra parte do maciço da Serra do Curral. Tem vegetação nativa com espécies de Mata Atlântica e do Cerrado, além de outras exóticas, frutíferas e ornamentais. 

O local tem brinquedos, pista de caminhada, quadra poliesportiva, áreas de convivência e trilha ecológica. 

Parque Municipal Américo Renné Giannetti

Foto: Site oficial da PBH

Localizado no Centro de BH, o parque Américo Renné Giannetti é uma das áreas de preservação mais visitadas da cidade e o patrimônio ambiental mais antigo da cidade. 

Foi projetado pelo arquiteto e paisagista Paul Villon e conta com espécies nativas, outras exóticas, além de árvores centenárias distribuídas em 182 mil m². 

No interior do parque encontramos monumentos históricos, opções de lazer, brinquedos, barcos a remo, equipamentos esportivos, animais de montaria e espaço para eventos. 

Parque Municipal Fazenda Lagoa do Nado

Foto: Site oficial da PBH

Esse parque está localizado na região Norte de Belo Horizonte e tem uma área de 331 mil  m². A vegetação conta com 75% de espécies nativas do Cerrado e por Mata Ciliar, ao redor de uma grande lagoa.

A flora abundante é com pica-paus, corujas, anus, trinca ferro e alma de gato, além de mamíferos como mico-estrela, gambá e tatu. A lagoa tem cágados, anfíbios, peixes e lagartos. 

No parque tem biblioteca, teatro de arena, sala multimeios, quadras poliesportiva, pista de skate e para caminhadas, campo de futebol e viveiro de mudas. 

Eventualmente e em períodos sem restrições da pandemia, diversas atividades de educação ambiental, esportivas e culturais são promovidas no local. 

Parque Municipal Renato Azeredo

Foto: Site oficial da PBH

Com vegetação intensa, o parque tem área aproximada de 97.7 m² . Possui aroeiras, caviúnas, goiaba brava, jacarandás, ipês, angicos rajados e mutambas. 

Os animais dividem espaço com o movimento urbano e os visitantes podem observar aves como o joão-de-barro, o pássaro-preto, pombos e rolinhas.

No local há quadra poliesportiva, mirantes, pista de caminhada e espaços de convivência. 

Parque Municipal Jacques Cousteau  

Foto: Site oficial da PBH

Localizado na Região Oeste da cidade, tem 335 mil m² de área. Possui vegetação exuberante com espécies ornamentais e frutíferas, entre elas, mangueiras, bananeiras e jabuticabeiras. 

Uma fauna rica desfruta de duas nascentes e cursos d’água onde é possível avistar anfíbios, répteis e aves, entre elas sabiás, frangos d’água e saracuras.

Diversos mamíferos também estão presentes e é comum encontrar com gambás, cuícas, mico-estrela e esquilo-caxinguelê. 

As opções de lazer oferecem trilhas ecológicas, espaços para contemplação, brinquedos, áreas de convivência e academia ao ar livre. 

Gostou das dicas? Além dos parques municipais, Belo Horizonte é uma cidade com muitas áreas verdes e espaços de convívio junto à natureza. Conte-nos quais locais você já visitou e quais recomenda. 

Por Ana Bittencourt (MTb 14.265)

Deixe um comentário