O que observar ao transportar flores?

ico admin ico 23/05/2018

Flores estão presentes em nossa cultura de diversas formas: na decoração, no amor, na moda ou na religião. E, para satisfazer essa vontade humana, muitas vezes precisam percorrer grandes distâncias, desde o local onde foram plantadas, até chegarem para cumprir seu objetivo final.

Vamos imaginar, então, que você tenha comprado rosas para uma pessoa especial que mora longe. Claro que não vai querer que elas cheguem murchas e sem vida, não é?! Por isso, saber como transportar flores é essencial!

Neste post, vamos discorrer sobre como fazer o transporte de flores, com dicas que vão auxiliar nessa tarefa. Aproveite a leitura!

O que saber para transportar flores?

A primeira dica para o sucesso do transporte de flores começa pela escolha dos melhores exemplares para isso. Nesse caso, opte por flores mais vivas, cujo processo de perda de cor e pétalas ainda não tenha se iniciado.

Feito isso, analise o peso da planta. Além do transporte mecânico, realizado por carro ou caminhão, há o transporte humano. Plantas e arranjos florais muitos pesados tendem a dar mais trabalho nessa etapa, aumentando os riscos de acidentes e quedas.

Também é importante ter cuidado com a altura e largura das plantas ou dos arranjos, pois os maiores necessitam de mais cuidados para não quebrar, especialmente se transportados em carros. Para diminuir o peso e as dimensões, você pode retirar a terra do vaso, caso tenha, ou dividir o arranjo floral em vários menores.

Por fim, vêm os cuidados ambientais. Regue as flores antes de embarcar, pois isso mantém a vivacidade de suas cores e beleza até chegar ao destino final. E tenha especial atenção com a iluminação.

Plantas e flores, além da água, precisam de luz para se manterem vivas e com suas propriedades, como cor e beleza, em evidência. Dias antes do transporte, recomenda-se que seja diminuído o tempo de exposição das flores à iluminação, fazendo com que elas se acostumem ao menor índice de luminosidade durante a viagem. No caminho, sempre que possível e nos momentos de parada, permita que a planta pegue um pouco de sol.

Transportar flores em carro ou caminhão, quais as diferenças?

Para o transporte de flores em carros, recomenda-se a utilização de picapes, uma vez que as plantas em carros convencionais podem atrapalhar a visão, além de danificar o estofado. Entretanto, isso depende do tamanho da planta e do tempo de viagem.

Viagens rápidas, dentro da cidade, levando plantas pequenas tornam possível o transporte em carros convencionais.

Já para viagens mais longas e com plantas maiores, você até pode utilizar picapes, mantendo uma velocidade reduzida, pois o vento pode estragar a planta, quebrando-a. Por isso, em casos assim, vale considerar a utilização de caminhões, que darão mais espaço para acomodar as flores ou arranjos florais, com menos ricos de danos.

Seja para transportar flores em caminhão, carros convencionais ou picapes, lembre-se sempre de que essa é uma carga delicada, que necessita de atenção redobrada, para que chegue ao destino da melhor forma possível.

Gostou do post sobre como transportar flores? Quer saber mais sobre assunto e sobre o universo das flores em geral? Visite nosso site e veja dicas da utilização de flores em diversas ocasiões. Temos profissionais capacitados para resolver suas dúvidas!

Deixe um comentário