Valentine’s Day e Dia dos Namorados: entenda as diferenças

ico admin ico 27/12/2017

 

Diferentemente do Brasil, o Dia dos Namorados nos Estados Unidos acontece no dia 14 de fevereiro. Esta data especial também tem outro nome por lá: Valentine’s Day.

Mas, você já sabe por que o Brasil seguiu a contramão e comemora a ocasião somente em junho? Conhece a diferença entre Valentine’s Day e Dia dos Namorados? Descubra a resposta para essas perguntas no post de hoje!

 

Presentes

Enquanto o Dia dos namorados é direcionado apenas para os amores. Valetine’s day é para todas as pessoas especiais, amizades, família e amores.

As flores e cartas estão entre os presentes de Valetine’s Day mais prestigiados — e não é à toa. Além de serem extremamente valorizados, também podem agradar a todos os estilos de companheiros, sendo amigo ou namorado. Basta escolher o arranjo que mais combine!

Se a pessoa for alegre e iluminada, o arranjo de flores nobres variadas é o ideal para ela.

Já se for uma amiga que é uma romântica incorrigível só enviar um buquê de rosas vermelhas para dar aquele click no instagram.

 

Dia de São Valentim: a data

O Valentine’s Day recebe este nome em homenagem a um santo chamado São Valentim, sendo 14 de fevereiro a data escolhida para reconhecer o aniversário de sua morte. Isso porque ele tem uma história muito bonita, o que gerou a tradição de homenagear as pessoas amadas durante esse dia.

A celebração foi estabelecida pelo Papa Gelasius I no ano de 496. No entanto, ela começou a ser associada ao amor romântico apenas a partir da idade média. Segundo a tradição, trata-se de um dia para os amantes demonstrarem o seu amor com presentes e cartões.

 

Um santo apaixonado

Segundo a lenda, São Valentim foi um mártir que viveu durante a perseguição ao cristianismo. No tempo em que esteve trancafiado, ele teria vivido um romance secreto com uma bela jovem, que era filha do carcereiro.

Um pouco antes de sua morte, ele escreveu uma carta para sua amada com a assinatura “do seu Valentim”. Essa mensagem foi o primeiro cartão do dia dos namorados!

Há uma segunda versão em que o santo foi contra uma proibição do imperador Claudius II. O tirano acreditava que os rapazes solteiros e sem filhos seriam melhores soldados para lutar durante as guerras.

Claudius estava tão convicto de sua posição que chegou a proibir o casamento. No entanto, São Valentim continuou celebrando as uniões em segredo. Sendo descoberto, foi preso e sentenciado à morte. No período em que passou na prisão, teria ocorrido sua paixão pela filha do homem que vigiava a cela.

As lendas têm em comum a ideia de um santo que lutava pelo amor. Por esse motivo, a data escolhida para homenageá-lo é dedicada aos apaixonados.

 

Um dia não tão romântico no Brasil

No Brasil, a data foi escolhida de uma forma nada romântica. O dono de uma agência de publicidade foi contratado para alavancar as vendas em uma loja durante o mês de menos lucro: esse mês era nada mais nada menos que junho.

Dessa forma, foi definido 12 de junho como o Dia dos Namorados, com inspiração no Valentine’s Day norte-americano. A data foi escolhida por ser a véspera do dia de Santo Antônio, o “santo casamenteiro”.

Com isso, o publicitário criou o slogan “não é só de beijos que se prova o amor”. A campanha foi tão bem-sucedida que a agência de publicidade ganhou o título de melhor do ano.

Deste então, 12 de junho é considerada uma data importante, na qual os apaixonados trocam agrados como cartões, bombons e flores. Uma bela forma de demonstrar o amor para as pessoas especiais.

 

Valentine’s Day e Dia dos Namorados pelo mundo

Nos Estados Unidos, a data corresponde à celebração do amor em todas as suas formas. Isso significa que, além dos namorados, os amigos e familiares também trocam cartões. Muitos, inclusive, aproveitam a tradição para fazer declarações de amor. O Valentine’s Day é tão importante que chega a ser feriado nacional.

No Japão, a data passou a ser comemorada em 1936. Neste dia, as mulheres presenteiam seus namorados com caixas de chocolate. Já na Dinamarca ocorre a troca de flores brancas prensadas, que recebem o nome de “flocos de neve”.

Durante a comemoração na Inglaterra, as crianças recebem doces de suas famílias e também cantam canções. Na Itália, é comum fazer um grande banquete.

 

O importante é amar

Apesar das diferenças, sabe-se que Valentine’s Day e Dia dos Namorados são ocasiões para demonstrar o quanto nos importamos com as pessoas queridas. Seja com cartões, doces, perfumes ou um lindo buquê de flores, o que mais importa é celebrar o amor!

Gostou de saber mais sobre essas datas? Que tal deixar um comentário dizendo o que escolheu para presentear a pessoa amada?

Deixe um comentário