Cartão de flores: o que devo escrever?

ico admin ico 10/11/2017

 

Um cartão de flores é um componente fundamental, não é mesmo? Quem não ama ser surpreendido com palavras bonitas acompanhadas de tanta demonstração de carinho. É, temos que confessar que esse é realmente um gesto singular e único, principalmente, para as mulheres.

Porém, expressar sentimento não é uma tarefa fácil para a grande maioria. Algumas até têm habilidade para escrever, expressar seus sentimentos, mas outras transcrever no papel seu romantismo é uma missão quase que impossível.

As ideias pairam em sua mente, mas elas não saem dali e o papel continua em branco. Querendo ajudar a sanar de uma vez por todas essa dificuldade que é tão comum, este artigo vai mostrar para você, de forma simples e prática, o passo a passo para escrever um cartão de flores e conseguir surpreender a quem você ama.

Então, vamos lá!

Passo 1: Escolha a caneta ideal para escrever o seu cartão de flores

O primeiro passo é escolher a sua melhor caneta, preferencial de tinta ou gel ao invés de esferográfica. Esta é uma etapa fundamental no processo.

Eleja a de sua preferência. Sabe aquela que escreve em linha uniforme, tem secagem rápido, com suavidade e sua letra ainda fica linda? Pronto, essa é a ideal!

Passo 2: Descreva os traços mais marcantes e os detalhes da relação

Procure escrever no cartão uma mensagem que esteja diretamente relacionada à personalidade da pessoa. Atente-se aos pequenos detalhes que a compõe, pois isso fará total diferença para quem vai receber.

Utilizar as palavras certas que se encaixem de forma ideal no que esse alguém representa na sua vida, mostrará o quão bem o conhece.

Priorize aqueles detalhezinhos que só você percebeu e que são o diferencial no relacionamento. Fale daquilo que considera mais atraente ou traços da personalidade que mais lhe chamou a atenção.

Não se preocupe em escrever de forma rebuscada, formal. Na maioria das vezes, mostrar a intimidade de maneira intensa é bem mais atraente do que se limitar a palavras formais, que não fazem nenhum sentido na história em comum.

Uma dica é parar e pensar naquelas brincadeiras, aqueles apelidinhos ou qualquer representação que formem a identidade ideal para vocês e também, de forma indireta, acabe relembrando tudo o que foi vivido.

Passo 3:  Escreva com simplicidade e singularidade

Ao escrever, faça um rascunho com várias frases soltas. Umas sairão boas e outras nem tantos. Porém, com esse exercício será possível ter mais autonomia da ideia geral que deseja comunicar.

Depois, basta pegar todas as ideias que foram pensadas, fazer um processo de inclusão e exclusão e desenvolver uma ordem lógica.

Procure expressar aqueles pequenos detalhes que, primeiramente, você notou. Aquilo que é mais atrativo e reluzente, o sorriso, o olhar ou a forma que mexe no cabelo.

Não se prenda ao tamanho, mas  sim, à qualidade, para que você consiga mostrar com singularidade e simplicidade os seus verdadeiros sentimentos.

Passo 4: Os elementos fundamentais para a finalização

No final, lembre-se de incluir com clareza o endereço do remetente. Assine o cartão e não esqueça, é primordial colocar a data. Imagine daqui há alguns anos, a pessoa retirando da sua caixinha, mostrando para os netos, bisnetos e relembrando os bons momentos vividos. Isso é realmente incrível!

Então, quer começar a praticar agora mesmo a presentear as pessoas queridas e escrever cartão de flores? Que tal presentear e surpreender a pessoa amada com rosas? Confira em nosso blog as sugestões de mensagens para cartões!

Deixe um comentário